O Natal quando chega é para todos!

Dezembro 17, 2009

 

Não envio postais de Natal, nem dou prendas a ninguém em particular, se o fizesse estaria a particularizar o Natal e isso deixa-me triste.

Então, como não tenho capacidade de o fazer a todos os seres humanos que existem na terra, que era o que eu gostaria, aqui fica, de uma maneira modesta e global os meus votos Natalícios.

A todos, eu desejo um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo, a todos mesmo, àqueles que não me conhecem, a quem gosta de mim e a quem não gosta. Trago para todos um coração cheio de Amor e de muita Paz. Que a Luz deste Natal ilumine os vossos caminhos e que a realidade seja sempre bela e perfeita, que as coisas que não gostamos sejam apenas ficção, tenhamos o poder de as desligar quando quisermos… Sintam as novas e lindas mensagens do Universo, deixem que um pouco de silêncio os circunde e sem reflexões, apenas sintam o que o Natal traduz, a renovação, o nascimento do Divino dentro de cada um de nós, a abundância e o saciar de tudo o que faz falta nas nossas vidas, no silêncio encontramos o que precisamos, quando digo silêncio digo escutar-nos, saber o que nos faz falta e depois entregamos esses pedidos ao Espírito do Natal, como quem acredita que alguém cheio de bondade, nos vai ofertar  os nossos maiores sonhos - presente.  

 

Cena 1

Interior – Dia de Natal

Cada um de nós e os que mais amamos, juntam-se todos perto da chaminé, a abrir os presentes.

 As mãos apressadas abrem os presentes.

Cada um recebe aquilo que deseja e merece.

FIM

Feliz Natal!

 AC

  • Share/Save/Bookmark

Leave a Reply